Puxadores de armário: encontrar a sua combinação

Escolher puxadores que complementem os seus armários e mobília, assentem bem em termos de escala e são agradáveis de usar.

Quer esteja a renovar a sua cozinha ou a dar um novo toque a uma peça de mobiliário adorada, mas desgastada pelo tempo, os puxadores têm o poder de unir tudo de forma maravilhosa. 

Saiba o que precisa de considerar ao escolher os designs certos para si e para sua casa... 

Estilo e design

Estabelecer a sua preferência geral de estilo é um excelente ponto de partida. 

Os puxadores tendem a ser categorizados como clássicos ou contemporâneos, sendo os primeiros um pouco (ou muito) mais decorativos do que os últimos. 

O estilo dos seus armários também será, naturalmente, um grande fator, mas não há necessidade de se sentir obrigado a usar puxadores clássicos em mobília clássica e vice-versa. 

Esforçamo-nos por criar puxadores que fiquem fantásticos onde quer que sejam usados. Além disso, o contraste de maçanetas modernas elegantes em gavetas antigas pode ser realmente deslumbrante.

No entanto, tenha em atenção que os designs minimalistas de linhas simples serão mais fáceis de manter limpos do que aqueles com sulcos ou detalhes decorativos.
Maçanetas vs. puxadores

Depois de escolher um estilo, é hora de descobrir se quer maçanetas ou puxadores. 

A nossa gama oferece diferentes formas e tamanhos, incluindo puxadores em concha e em T, todos com uma estética partilhada que lhe permite misturar e combinar com facilidade.

Não há regras definidas quando se trata de escolher entre maçanetas e puxadores. Muitas vezes, combinar ambos pode ter um resultado mais natural (e mostrar-se mais prático) do que optar por apenas uma forma. 

Uma técnica popular é usar maçanetas em portas de armários com um máximo de 60 cm de largura e puxadores em gavetas e armários com mais de 60 cm de largura, bem como em aparelhos escondidos que tem de agarrar firmemente.

Usar uma terceira forma de puxador diferente numa peça ou secção de mobília, como puxadores em concha num aparador ou numa ilha, é uma ótima forma de criar uma sensação descontraída e independente.

Tamanho e escala

As maçanetas tendem a ser semelhantes em tamanho e são dimensionadas para assentarem bem na sua mão e numa porta de armário. Se tiver mãos maiores, opte por uma maçaneta com um diâmetro ligeiramente maior.

Os puxadores vêm em vários tamanhos (a nossa gama varia entre 36 mm e 384 mm) para acomodar diferentes tamanhos de mobília. 

Um armário mais alto adequa-se a um puxador mais comprido, ao passo que uma opção mais curta pode parecer um pouco perdida. 

Os gavetões extralargos também são candidatos perfeitos para um puxador comprido, permitindo o acesso onde quer que esteja.
Acabamentos

Escolher o acabamento certo é uma decisão que não deve ser tomada isoladamente. 

Nem todos os acabamentos metálicos na divisão precisam de combinar, mas escolher um acabamento de puxador que funcione em harmonia com outros acabamentos metálicos nas proximidades resultará num visual global mais coeso e ponderado.

Acessórios de luz, interruptores, tomadas e até torneiras podem servir de base à sua escolha de acabamento do puxador.

Se está a começar do zero, pensar em termos de aconchego pode ajudar. 

Prefere a frieza e a dureza de um metal "frio" como Níquel Polido ou a riqueza e a profundidade de metais como Latão Antigo e Bronze? 

Pense também em quanto impacto quer que os puxadores tenham nos seus armários. 

Um acabamento escuro como Bronze vai destacar-se em portas e gavetas claras. Já um acabamento que combina mais à base da cor, como o nosso Níquel Polido em armários pintados a cinzento, vai fundir-se.

Por fim, considere a resistência de cada acabamento. 

Os puxadores banhados a metal, como o nosso acabamento Níquel Polido, manter-se-ão novos, enquanto os acabamentos "vivos", como Latão Antigo – e Bronze, embora em menor medida – ganharão pátina ao longo do tempo, tanto em reação ao ar quanto à humidade à sua volta e nas áreas em que mais toca.
Posicionamento 

Tem de planear a posição de cada puxador para calcular quantos comprar.

Tente pensar em escala e proporção ao decidir as posições. 

As portas e as gavetas largas adequam-se a puxadores maiores ou a dois puxadores equidistantes. 

O puxador não deve ser engolido pelo tamanho da porta, mas também não a deve sobrecarregar. 

Considere encomendar apenas um ou dois para ver o que é melhor em cada peça antes de fazer uma encomenda completa. 

Em alternativa, se tiver uma planta dimensionada dos seus armários e uma régua de escala, pode desenhar os puxadores para ter uma ideia da melhor posição.

Funcionalidade

Os puxadores comuns e em concha são considerados mais fáceis de agarrar do que as maçanetas, uma vez que consegue colocar mais dedos debaixo deles. 

Recomendamos que escolha puxadores para portas mais pesadas, como as máquinas de lavar loiça e os frigoríficos de encastrar, assim como para gavetões largos que estarão cheios.

Se a aderência é um problema, mas prefere o aspeto de uma maçaneta, o nosso design em T é uma melhor opção do que uma maçaneta lisa e arredondada.

Por fim, caso se preocupe com impressões digitais e arranhões nas portas dos seus armários, opte por puxadores com espelhos integrados em latão maciço que ofereçam uma camada de proteção. 

Tudo pronto para começar a comprar? Explore as nossas ferragens para armários em latão maciço em três acabamentos aqui 

Créditos de fotografia: Imagem quatro (puxador Sycamore Bronze e armários em verde): @revillojoinery