Dez minutos com Laura Logan do House of Logan

Como transformar quarenta anos de decisões de design incongruentes em algo visualmente coeso, funcional e bonito?

Dez minutos com Laura Logan do House of Logan
Como transformar quarenta anos de decisões de design incongruentes em algo visualmente coeso, funcional e bonito?

Esta foi a questão-chave quando Laura Logan e o marido, Andy, estabeleceram um projeto de renovação de 18 meses para transformar a sua casa vitoriana às avessas, na East End de Londres, numa casa familiar considerada e tangível com um foco em design circular e materiais naturais.

"Sempre vivemos em propriedades antigas", diz Laura. "Adoro particularmente a estética visual das habitações vitorianas, e o potencial que elas apresentam para criar um contraste cooperativo com interiores modernos.

Já tínhamos renovado uma casa mais pequena na área local com a qual estávamos muito satisfeitos. Contudo, eu costumava passar por esta regularmente. Quanto mais frequentemente passava, mais reparei: lentamente no início, depois de forma mais interessada, até que me apaixonei por ela.”

Felizmente, em 2019, tornou-se a nova casa da família.
"A casa estava um pouco confusa quando a comprámos. Anos de mudanças estruturais internas resultaram em divisões apertadas, portas e janelas em posições estranhas e uma sensação de confusão geral.

O nosso principal objetivo foi restabelecer um sentido de coerência dentro do enquadramento vitoriano original e depois procurar criar o que as propriedades vitorianas muitas vezes não têm: luz e espaço.

O jardim está virado para sul, por isso optámos por estender nas traseiras para acomodar uma cozinha e sala de jantar em plano aberto, embebida em luz do dia, usando grandes vidros com moldura de carvalho para maximizar a quantidade de luz natural.

Queríamos criar um lugar onde cozinhar, comer, brincar e relaxar se pudesse juntar no mesmo espaço – coexistência em vez de contradição. Também queríamos trazer o exterior para dentro, com o mundo exterior perfeitamente entrançado no nosso espaço interno doméstico.

A coexistência ainda permite uma sensação de privacidade e bem-estar, e a alcova de jantar é agora provavelmente a minha área favorita em toda a casa para isto: é tipo casulo e calmante, mas ainda assim é possível ver e fazer parte da família.”
Além da extensão, Laura explica que a casa também foi significativamente reconfigurada e totalmente redecorada.

"A pequena cozinha original foi transformada numa lavandaria, adicionámos outra casa de banho, e convertemos a antiga sala de jogos num quarto e casa de banho para hóspedes. No andar de cima, abrimos um dos quartos e adicionamos uma varanda falsa.

Em termos de aspeto e sensação, eu queria criar algo que incorporasse materiais naturais, artesanato e paletas de tons terrosos. Gosto de me inspirar nas tradições de design japonesas e nórdicas: simplicidade, funcionalidade e atenção aos detalhes.

Adotámos uma abordagem circular que priorizava a reciclabilidade e a reutilização também. A nossa ilha de cozinha, por exemplo, é uma mesa de refeitório que encontrei no eBay. E onde precisávamos de adquirir coisas novas, adotámos uma abordagem: comprar uma vez e comprar bem.”
Perguntámos a Laura qual seria o seu conselho para outros possíveis renovadores.

"Como qualquer bom carpinteiro dirá: "medir duas vezes, cortar uma vez". O princípio aqui é que, quando estiver no local, é inevitavelmente tarde demais para boas decisões de design. Portanto, o tempo gasto no planeamento é tempo bem investido. Use este tempo para tomar decisões consideradas sobre produto e proveniência.

É uma abordagem que foi particularmente útil quando se trata de escolher os nossos acessórios. Os detalhes arquitetónicos não são necessariamente o foco de um interior, mas são um ingrediente importante. E usar os melhores produtos possíveis pode realmente destacar uma divisão.”
Laura descobriu os nossos produtos Bronze quando procurava online um acabamento que funcionasse em sinergia com os tons esbatidos e naturais que fluem por todo o interior. Os nossos espelhos de interruptores e tomadas Transparente também foram escolhidos para desempenhar um papel nas áreas onde era necessário um visual mais subtil.

"Foi crucial que os interruptores, tomadas e ferragens estivessem alinhados com a estética geral. O acabamento Bronze é discreto e sofisticado.

Queríamos tornar o belo Bronze numa caraterística em muitas áreas, mas em certos sítios onde não queríamos que os espelhos dos interruptores e tomadas, em particular, tivessem tanto destaque, usámos a versão Transparente. Foi um exercício de equilíbrio.”
Laura diz-nos que, atualmente, a casa da família também é usada como cenário para gravações, e ter pontos de contacto versáteis e fiáveis tem sido uma grande vantagem.

A nossa casa precisa de ser uma tela à qual outras pessoas possam aplicar a sua criatividade, por isso é muito útil que os produtos Corston funcionem com tantas estéticas diferentes.

"E dado o elevado tráfego de pessoas e quanto uso tudo recebe, tem sido muitíssimo benéfico os produtos serem funcionais e resistentes.”

House of Logan: www.houseoflogan.co.uk