Como dividir o seu jardim por zonas através da iluminação
Iluminar áreas focadas do seu jardim pode transformá-lo de um espaço unidimensional numa extensão bem pensada da sua casa.

Tal como pode colocar iluminação por camadas dentro da sua casa, fazer o mesmo no exterior – utilizando iluminação de solo, iluminação descendente, candeeiros de parede e mais para focar áreas e funções específicas – traz profundidade e equilíbrio ao seu espaço (sem iluminá-lo em excesso).

A luz quente, suave e livre de encandeamento é fundamental, quer opte por fontes luminosas LED de tomada ou por opções a energia solar ou a pilhas (pode ler mais sobre os diferentes tipos de iluminação exterior no nosso artigo aqui).

Naturalmente, os jardins diferem em forma, tamanho e disposição, mas quando se trata da colocação das suas luzes, realçámos alguns pontos focais principais que beneficiam de iluminação funcional ou atmosférica.
A nossa visão, em resumo
As luzes de parede funcionam bem para áreas de alimentação e entretenimento (como pátios) e para entradas.

As luzes de caminho viradas para baixo são as melhores para passeios e áreas de plantação mais altas.

Os projetores de solo são perfeitos para iluminar flores, árvores e elementos arquitetónicos desde baixo.

Ilumine as áreas à volta da água em vez de focar os feixes diretamente na superfície para evitar encandeamento.
Áreas de refeições e de estar
Um pátio é uma característica familiar comum a jardins pequenos e grandes, urbanos, suburbanos e rurais. É a área que normalmente usamos para refeições ao ar livre e para relaxar.

Vai querer luz suficiente para comer, beber e movimentar-se pelo espaço com segurança depois de escurecer, mas não demasiada ao ponto de estragar o ambiente.

Os candeeiros de parede são uma ótima resposta se o seu pátio estiver, como é tradicional, localizado perto das paredes externas da sua casa (ou das paredes do seu jardim, se as tiver).

Não vai tropeçar nesta iluminação, e os candeeiros emitem focos de luz práticos, mas suaves.

Os nossos candeeiros de parede Richmond e Claremont são seguros para utilizar externamente, o que significa que pode transportar o visual do interior para o exterior. E estão disponíveis em dois tamanhos, por isso tem uma opção para pátios pequenos e para configurações maiores.

Combine com luzes festivas, lanternas penduradas ou algo semelhante decorativo para definir realmente um ambiente.
Caminhos e degraus
Qualquer tipo de passagem, e especialmente degraus ou outras superfícies irregulares, precisa de estar bem iluminada.

Dito isto, quer criar uma receção calorosa, bem como boa visibilidade, por isso não exagere – não está a iluminar uma pista de aeroporto.

As luzes de caminho direcionais, como o nosso projetor de caminho Ealing em latão maciço, são ideais para a função.

Se puder, alterne as suas luzes para ladearem os dois lados do caminho e posicione-as ligeiramente atrás da borda do caminho.

Se tiver paredes externas adjacentes, também pode utilizar projetores (como os nossos de superfície e embutidos Ealing) para iluminar a área.

Entradas
Tal como acontece com os caminhos, as entradas devem ser iluminadas para criar um ambiente acolhedor, assim como uma boa visibilidade (e um bom nível de segurança).

Os candeeiros de parede montados de um ou de ambos os lados da sua porta ou portas fazem isto eficazmente.

O nosso design Claremont de tamanho médio tem dois abajures que iluminam tanto para cima como para baixo, se desejar tornar a área em volta da porta uma característica.

E se tiver vasos de plantas ou canteiros de flores em torno das suas entradas, também pode incorporar luzes adicionais aqui. Um design de estaca, como o nosso projetor de solo Ealing, seria ideal.
Plantas, árvores e detalhes arquitetónicos
Quando se trata de iluminar plantas e árvores, as luzes de estaca são a escolha certa. Inseridas diretamente no solo, ou dentro de vasos, floreiras ou canteiros, vão destacar as plantas ponderadas desde baixo.

Iluminar árvores desta forma ajuda a aumentar a altura do seu jardim, atraindo também o olhar para cima.

As variedades de folha persistente são fantásticas se quiser iluminar a vegetação durante todo o ano, mas ao iluminar árvores de folha caduca, pode captar o interesse escultural natural no seu jardim nos meses de inverno.

Se o seu esquema de plantio estiver contra uma parede, pode introduzir alguns projetores de superfície para acrescentar alguma luz adicional desde cima.

E para um plantio mais alto, sinta-se à vontade para incorporar luzes de estaca mais altas (como o nosso projetor de caminho Ealing) nos seus canteiros de flores para variar ainda mais os níveis de luz.

Se tiver detalhes arquitetónicos ou paisagísticos interessantes que gostaria de tornar numa característica no seu jardim, pode aplicar a mesma abordagem.
Água
Lagos, piscinas e outras características de água são candidatos ideais para iluminação, mas se não quiser usar iluminação submersível, existem algumas outras opções impactantes.

As passagens em volta destas áreas podem ser iluminadas com projetores de caminho. Os feixes refletem lindamente na superfície da água.

Igualmente, pode iluminar um anexo, uma característica ou uma área de plantio próxima com estacas no solo para criar uma imagem espelhada dramática na superfície da água.

Essencialmente, é melhor iluminar as áreas à volta da água, em vez da superfície da água diretamente, para evitar qualquer encadeamento.

Compre os nossos designs de iluminação para jardim aqui.